Covela

A Covela é um espaço fantástico na região de Baião, nesta sub-região dos vinhos verdes, com o rio Douro ali a poucas centenas de metros e uma grande concentração granítica. Dois investidores, um inglês e outro brasileiro resolveram, em boa hora, recuperar esta quinta que em tempos pertenceu ao cineasta Manoel de Oliveira, mas que … Continuar a ler Covela

Quinta de Azevedo

Com uma imagem renovada, rótulos mais modernos e simples, são dois vinhos jovens bem representativos  dos vinhos verdes da nova era. Duma empresa que aposta sempre na qualidade, mesmo quando os vinhos são feitos em grande quantidade. Duma propriedade da empresa em Barcelos, a Quinta do Azevedo, que foi devidamente restaurada, com um belíssimo solar … Continuar a ler Quinta de Azevedo

Casa de Paços

A Casa de Paços é um dos produtores de referência na região dos vinhos verdes, que se foi impondo pela qualidade dos seus vinhos, divididos por duas quintas: uma na região de Barcelos, onde também está a adega, a outra mesmo á entrada de Monção, ocupada por vinhas da casta Alvarinho. Propriedade familiar, que tem … Continuar a ler Casa de Paços

Vallegre

É um produtor do Douro com alguma dimensão que era conhecido principalmente pela produção de vinho do Porto. Mas que se tem vindo a dedicar cada vez mais à produção de excelentes vinhos de mesa, entre brancos, rosés e tintos. A propriedade principal situa-se na margem direita do rio Douro, um pouco depois do Pinhão, a … Continuar a ler Vallegre